IMPORTANTE!!
Esse blog não pretende usar postagem de nenhum outro blog em seu nome. Aqui eu posto o que vejo e gosto, e junto com isso os devidos créditos. Caso os créditos de alguma postagem não estejam certos, entre em contato comigo para que eu possa corrigir. Desde já, obrigada!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Energia de bolso: saiba qual barrinha de cereal é a mais indicada para cada ocasião

Editora Globo
As barrinhas de cereal são grandes aliadas para matar a fome fora de hora ou carregar
as energias para o treino.Mas, dentre as tantas opções disponíveis hoje, fica difícil saber o que escolher — e qual a mais indicada para cada ocasião. A nutricionista Priscila Machado, da Clínica Santé de São Paulo, dá algumas dicas que podem ajudar
Lanche da tarde
O ideal para essas horas é escolher barrinhas que tenham oleaginosas em sua composição, como nozes, castanhas ou avelãs. Além de serem gordura boa para o organismo, essas frutas são digeridas de forma mais lenta, o que ajuda a prolongar a sensação de saciedade.

Antes do treino
O alto teor de fibras pode atrapalhar na captação de nutrientes que ajudam a regeneração celular, portanto, as barrinhas de cereal não são indicadas para antes da atividade física, segundo a nutricionista. O ideal, nessa situação, é procurar os produtos específicos para essa finalidade, como as barras energéticas, com alta concentração de carboidratos. As de proteína também podem ser consumidas, desde que com um intervalo de no mínimo uma hora antes do treino (como a proteína tem uma digestão mais demorada, pode causar mal-estar e atrapalhar o desempenho se consumida muito próximo do treino).
Pós-academia
Nesse momento a proteína volta a ser importante e deve ser ingerida na primeira hora após a aula, quando as fibras musculares que foram rompidas durante o exercício começam a se regenerar. Uma nova dose de carboidrato também é fundamental para ajudar o corpo a se recuperar do desgaste sem retirar energia do músculo.
De olho na embalagem
Além de olhar as calorias, preste atenção também na dose de açúcar e gordura das barrinhas. As cobertas por chocolate são mais calóricas e menos nutritivas, além de, em geral, apresentarem alto teor de gordura saturada. Já as de sementes (gergelim e linhaça) são mais ricas em fibras, vitaminas e ômega 6.
Atenção, perigo!
O xarope de milho (ou de glicose) que dá liga à grande maioria das barrinhas de cereal pode até não ter calorias, mas tem alto índice glicêmico, o que significa aumento da taxa de açúcar no sangue e, consequentemente, maior produção de insulina e menor queima de gordura. Portanto, se possível, opte pelas barrinhas adoçadas com mel em vez do xarope.

Pós-academia
Nesse momento a proteína volta a ser importante e deve ser ingerida na primeira hora após a aula, quando as fibras musculares que foram rompidas durante o exercício começam a se regenerar. Uma nova dose de carboidrato também é fundamental para ajudar o corpo a se recuperar do desgaste sem retirar energia do músculo.
De olho na embalagem
Além de olhar as calorias, preste atenção também na dose de açúcar e gordura das barrinhas. As cobertas por chocolate são mais calóricas e menos nutritivas, além de, em geral, apresentarem alto teor de gordura saturada. Já as de sementes (gergelim e linhaça) são mais ricas em fibras, vitaminas e ômega 6.
Atenção, perigo!
O xarope de milho (ou de glicose) que dá liga à grande maioria das barrinhas de cereal pode até não ter calorias, mas tem alto índice glicêmico, o que significa aumento da taxa de açúcar no sangue e, consequentemente, maior produção de insulina e menor queima de gordura. Portanto, se possível, opte pelas barrinhas adoçadas com mel em vez do xarope.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...