IMPORTANTE!!
Esse blog não pretende usar postagem de nenhum outro blog em seu nome. Aqui eu posto o que vejo e gosto, e junto com isso os devidos créditos. Caso os créditos de alguma postagem não estejam certos, entre em contato comigo para que eu possa corrigir. Desde já, obrigada!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Lâmpadas incandescentes poderão ser banidas até 2016

Entenda a medida, anunciada pelo Ministério de Minas e Energia, e confira dicas para iluminar sua casa sem desperdício.
 Shutterstock
Você já deve ter ouvido que as lâmpadas incandescentes não são a melhor opção para sua casa. Agora, o Ministério das Minas e Energia lançou uma proposta para banir este tipo de iluminação. Caso não apareça uma nova tecnologia que permita às incandescentes darem um salto de eficiência, elas serão banidas do mercado até 2016. A opção, portanto, ficará para as lâmpadas fluorescentes – que são mais caras, sim, mas rendem bem mais. Para você ter uma ideia, segundo o Instituto Akatu, que atua pelo consumo consciente, uma lâmpada fluorescente de 20W ilumina mais do que uma incandescente de 60W (e pode durar até 10 vezes mais). 

A medida anunciada pelo Ministério, porém, não incluem as lâmpadas de potência igual ou inferior a 40W, as de uso em estufas de secagem e pintura, equipamentos hospitalares e aquelas usadas em sinalização de trânsito e semáforos, entre outras de uso específico. De qualquer maneira, a previsão é que se economize 10 TWh (terawatts-hora) de energia por ano com a substituição – o que é mais do que o dobro obtido com os eletrodomésticos que têm o selo PROCEL atualmente. Segundo o Ministério das Minas e Energia, 80% da iluminação residencial no Brasil ainda é feita por lâmpadas incandescentes. Atualmente, o mercado brasileiro consome cerca de 300 milhões de lâmpadas incandescentes e 100 milhões de lâmpadas fluorescentes compactas. 

Além de começar a mudar o estoque de lâmpadas da sua casa, outra alternativa é adotar medidas para iluminar o ambiente sem desperdício de energia. 

Confira algumas dicas do Instituto Akatu: 
-->Prefira cores claras para as paredes internas, já que as escuras exigem lâmpadas mais potentes. 
-->Evite acender lâmpadas durante o dia. Abra a janela e aproveite ao máximo a luz do Sol. 
-->Lembre-se sempre de apagar as luzes dos ambientes em que não há ninguém, pois esse é um gasto totalmente desnecessário. 
-->Ao comprar lâmpadas, prefira as que têm o selo Procel, são mais eficientes e gastam menos energia


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...