IMPORTANTE!!
Esse blog não pretende usar postagem de nenhum outro blog em seu nome. Aqui eu posto o que vejo e gosto, e junto com isso os devidos créditos. Caso os créditos de alguma postagem não estejam certos, entre em contato comigo para que eu possa corrigir. Desde já, obrigada!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Especialista fala sobre importância e benefícios da vida a dois


Bem Estar desta 6ª (29) recebeu o médico da família Ademir Lopes Júnior.
Preparador físico José Rubens D'Elia ensinou exercícios para casais.



Você acredita em amor à primeira vista? Já se sentiu atraído por alguém sem nem mesmo conhecer a pessoa direito? Já acreditou que ela seria sua parceira pelo resto da vida?
Essa sensação pode ser culpa dos chamados feromônios, hormônios conhecidos por dominarem o mundo animal e relacionados à atração e à interação entre um macho e uma fêmea da mesma espécie.
Nesta sexta-feira (29), dia do enlace oficial do príncipe William e da plebeia Catherine Middleton, o Bem Estar explicou como ocorre essa química entre os indivíduos. Também abordou a importância e os benefícios da vida a dois para a saúde.
Arte relacionamento (Foto: Arte / G1)
No estúdio, o médico da família Ademir Lopes Júnior falou sobre a atração entre homens e mulheres e o que diferencia os humanos dos animais em relação à química afetiva. Ele também destacou que, em uma relação, é preciso haver muito mais componentes além do cheiro para que a parceria dê certo e prospere. Já o preparador físico e consultor José Rubens D’Elia ensinou exercícios para casais.
Recentemente, uma pesquisa feita no Reino Unido com pessoas de sete países europeus, cujo resultado foi publicado na revista científica "British Medical Journal", concluiu que os casados têm uma expectativa de vida de 10% a 15% maior que a dos solteiros. O segredo da longevidade está na união: um cuida do outro e, por isso, ambos vivem mais.
Entre tantas razões pelas quais uma pessoa escolhe um parceiro entre tantos da mesma espécie estão os já citados feromônios. E a repórter Marina Araújo foi conferir em uma aula de dança de salão como essa interação funciona.
Os feromônios dos animais são tão fortes que agricultores os usam como armadilhas para atrair insetos que poderiam estragar plantações se ficassem soltos.
Na década de 1980, pesquisadores descobriram que, quando o suor predominante das axilas, da região dos mamilos e dos órgãos genitais é retirado, o que resta são essas substâncias, que estimulam um comportamento instintivo, de acasalamento, fuga e aglomeração.
Esses hormônios influenciam tanto o lado físico e sexual, como a ovulação e o ritmo do ciclo menstrual, quanto o emocional, dando sensação de aconchego, atração e calor. Enquanto os efeitos dos feromônios femininos atingem longas distâncias, os masculinos precisam de um contato mais próximo.
Outros resultados da pesquisa britânica:
- Homens casados têm saúde física melhor
- Mulheres casadas têm saúde mental melhor
- Apesar disso, é melhor para a saúde ser solteiro do que ter um relacionamento estressante
- Ter múltiplos parceiros está ligado à mortalidade precoce
- Entre adolescentes, relacionamentos estão ligados a sintomas depressivos
Às vezes, porém, as relações não dão certo e, em casos extremos, ocorre violência contra a mulher. O número nacional para pedir ajuda nesse caso é o 180, da Central de Atendimento da Secretaria da Mulher. Para fazer uma denúncia anônima, ligue 181.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...