IMPORTANTE!!
Esse blog não pretende usar postagem de nenhum outro blog em seu nome. Aqui eu posto o que vejo e gosto, e junto com isso os devidos créditos. Caso os créditos de alguma postagem não estejam certos, entre em contato comigo para que eu possa corrigir. Desde já, obrigada!

sexta-feira, 29 de julho de 2011

História da minha vida.




História da minha vida.
Tudo começou com um namoro.Ele me tratava tão bem, eu me sentia a melhor pessoa do mundo do lado dele.Íamos em festas, no cinema, cada um escolhia lugares diferentes todo final de semana.Tinha dias, que a gente por falta de opção ía na praça da cidade, só para olhar as crianças brincando, e imaginando nos futuros filhos alí também, comprávamos sorvetes, eu é claro escolhia de chocolate, porque pessoa mais viciada em chocolate do que eu não existia rs, ainda bem que ele entendia isso, e me agradava com sorvetes de chocolate.Então a tarde passava e a gente continuava alí, deitávamos na grama, olhávamos pro céu, sim, você quase dormia deitado nos meus braços.Nós realmente não ligávamos pra nada, nem nos importávamos em que horas voltar pra casa.Nossa! e a hora de voltar pra casa era tão triste né? ou era eu que era muito dramática?A gente não queria se desgrudar nunca mais não é mesmo? Sempre na hora de voltar pra casa eu teabraçava como se fosse o último abraço, e na verdade não era um simples abraço, era nossas almas se cruzando era eu e você, e um único coração.Caramba era só um namoro, esses namoros de adolescência, e eu estava tão apaixonada por você, era como se você fosse o homem da minha vida, como se você fosse o pai dos meus futuros filhos, e eu não estava enganada.Nosso namoro durou uns 5 anos, poisé, é muito tempo, mas como a gente seamava tanto, queríamos algo além do namoro,além de tudo.Queríamos casamento, queríamos uma casa só nossa paracriarmos nossos filhos, queríamos uma vida nossa, juntos.Então foi assim mesmo!Nos casamos, meu Deus! Foi umsonho meu realizado, casar na igreja.O meu vestido era longo, muito longo, tinha cor de neve,cor de paz,era um branco tão lindo, tinha umas flores bordadas nele também, o vestido era realmente lindo, e ele? Nem preciso dizer nada, ele já era lindo, imagina só naquele Smoking preto, bem alinhado, bem passado, realmente, ele estava umpríncipe, mas um príncipe moderno né?rs.O casamento foi lindo.A lua de mel foi adiada, pois nós dois estávamos muito ocupados, infelizmente, com o serviço.Nossa casa já estava pronta, era aconchegante, era quentinha, era perfeita paranós dois.Eu acordava cedo, tomava banho, me arrumava, e fazia o café.Tentava acordar ele, mas olha, era difícil, era tão bom ver ele dormindo, ele era lindo dormindo, e eu acabava ficando com dó de acordar ele.Deixava isso pro despertador mesmo rs.Ele acordava então me dava um beijo na testa, coisa que eu acho superfofa e super carinhosa.Tomava café comigo, elogiava meu café rs.E então eu saía trabalhar.Ele depois de uns minutos fazia o mesmo.Nossa! a gente contava as horas para se ver, o serviço era um saco!Ainda bem que tinhauma foto sua na minha mesa, aí eu ficava te admirando rs.Eu saía mais cedo do serviço, chegava em casa, bom..era meus primeiros dias de casada, eu particularmente não sabia cozinhar muito bem, sabia alguma coisas,aquelas coisas básicas mesmo, que minha mãe havia me ensinado.Então eu nesse dia tentei preparar alguma coisadiferente, eu até tinha passado no mercado comprar alguma coisas.Era uma lasanha, fiz ela bonitinha, pus noforno, e então fui assistir um filme que parecia legal.Acabei cochilando.Acordei com meu marido rindo muito,aí já entendi na hora porque ele estava rindo, sentia o cheiro de queimado.Era óbvio, que a minha lasanhahavia queimado.E ele ainda estava rindo.É… acabemos comendo…miojo, ele estava com fome, eu também, edemoraria até fazer outra coisa, mas se ele quis casar comigo, tem que aguentar comer miojo rs.Quer saber? issonem era problema, sentemos na varanda da nossa casa, peguemos nossos pratos novos, que ganhamos de presenteda minha mãe.E fiquemos alí, comendo nosso miojo, rindo da minha lasanha queimada, e olhando as estrelas.Depois disso, fui fazer meu brigadeiro, que também não era o melhor, mais era meu rs.Ele havia comprado morangoe se tinha algo que a gente amava, era brigadeiro com morango, deitemos na rede da varanda, pus nossa música favorita e de novo fiquemos alí contando um para o outro como foi o seu dia.Ele derrubava eu sei que era depropósito, brigadeiro em mim.Me lambusava inteira, e eu o lambusava, e isso acabava na cama.No dia seguinteele acordou mais cedo fez café, e levou pra mim na cama.Então nosso dia foi igual, trabalho, casa.Nossos dias eram iguais, mas sempre inventávamos algo diferente.Quando tinha jogo do time dele, simeu assistia e gritava com ele, quando o jogador perdia um gol, e ele assistia filmes românticos comigo,chorava comigo, e eu sempre acabava dormindo nele, ele me carregava até a cama, e deitava comigo.Passaram alguns meses, decidimos então viajar, ou melhor ter a nossa tão esperada lua de mel.O meu sonho mesmo era ir pra Mônaco, cidade do amor.Mas enfim… nossa situação financeira nãoestava tão boa assim.Acabemos mesmo indo para o litoral de Santa Catarina.Fiquemos em uma pequenailha, aliás uma linda ilha.Foram dias perfeitos, dias lindos, únicos e inesquecíveis.Eu o amava cada vez mais, era o homem mais lindo, carinhoso, atencioso desse mundo, eu realmentenão poderia viver sem mais meu Amor, meu marido, meu eterno namorado.Voltemos da ”lua de mel”,continuou a mesma coisa de sempre, durante muito tempo.Até que depois de 3 anos, nossa vida estavamuito boa, nossa situação financeira melhor ainda, e acabemos recebendo uma visita linda, recebendo um presentede Deus, nosso primeiro filho,meu marido ao saber disso me mandou flores, rosas vermelhas, coisa que eu amava,era um gesto tão lindo,até que nosso filho nasceu, ele era lindo, tinha puxado mais ele do que eu.Era um bebe saudável,e fofo.Agora éramos uma família perfeita.Nós amávamos tanto aquela criança, demos a melhor educação possível para ela.Ela cresceu, assim, num piscar de olhos.Foi para outra cidade fazer faculdade.Foi doloroso ver ele ir pra longe de mim.Meu pequeno garoto estava seguindo sua vida.Novamente sobrou só nós dois alí na nossa velha casa.Se passou muitos anos, nosso filho se casou, ganhamos netos lindos, que reviravam a nossa casa, mas nós nem ligávamos.É… estávamos velhos.Então em uma linda noite fomos na nossa varanda, meu Deus! havia passado tanto tempo já né?Então naquela noite a gente começou a lembrar do primeiro beijo, do dia da praça, com os sorvetes, do dia do nossocasamento, da lasanha queimada, da nossa lua de mel, do dia que descobri que estava grávida, dos primeiros passosque nosso filho deu, nossa… eu até chorei alí na varanda, e você me abraçou, como sempre fez, desde o tempo de namoro.Entremos tarde, então ele me deu um beijo na testa, como sempre fez, e deitou do meu lado.Ah! meu velho…eu não queria mas se Deus quis assim né? Deus me levou naquela noite, justamente naquela noite.Ele sofreu muito.Mas quer saber? foi melhor assim, pelo menos eu fui antes, era o que eu queria,porque eu não suportaria viver sem ti, se você fosse antes de mim.Fui antes só para ser seu anjo da guarda.E quando você sentir minha falta meu amor, olha pro céu, olha pra lua, olha para as estrelas que você lembrará de mim,lembrará desse amor que vai ser eterno, que nem a morte foi capaz de destruir, lembrará de todos os nossos momentos,lembrará que essa foi a nossa vida, cheia de amor, de alegrias… essa foi a nossa vida, essa foi a nossa história.
(AmandaPortes ∞)



Tudo começou com um namoro.Ele me tratava tão bem, eu me sentia a melhor pessoa do mundo do lado dele.
Íamos em festas, no cinema, cada um escolhia lugares diferentes todo final de semana.Tinha dias, que a gente por falta de opção ía na praça da cidade, só para olhar as crianças brincando, e imaginando nos futuros filhos alí também, comprávamos sorvetes, eu é claro escolhia de chocolate, porque pessoa mais viciada em chocolate do que eu não existia rs, ainda bem que ele entendia isso, e me agradava com sorvetes de chocolate.Então a tarde passava e a gente continuava alí, deitávamos na grama, olhávamos pro céu, sim,
você quase dormia deitado nos meus braços.Nós realmente não ligávamos pra nada, nem nos importávamos em que horas voltar pra casa.Nossa! e a hora de voltar pra casa era tão triste né? ou era eu que era muito dramática?A gente não queria se desgrudar nunca mais não é mesmo? Sempre na hora de voltar pra casa eu te
abraçava como se fosse o último abraço, e na verdade não era um simples abraço, era nossas almas se cruzando era eu e você, e um único coração.Caramba era só um namoro, esses namoros de adolescência, e eu estava tão apaixonada por você, era como se você fosse o homem da minha vida, como se você fosse o pai dos meus futuros filhos, e eu não estava enganada.Nosso namoro durou uns 5 anos, poisé, é muito tempo, mas como a gente se
amava tanto, queríamos algo além do namoro,além de tudo.Queríamos casamento, queríamos uma casa só nossa para
criarmos nossos filhos, queríamos uma vida nossa, juntos.Então foi assim mesmo!Nos casamos, meu Deus! Foi um
sonho meu realizado, casar na igreja.O meu vestido era longo, muito longo, tinha cor de neve,cor de paz,
era um branco tão lindo, tinha umas flores bordadas nele também, o vestido era realmente lindo, e ele?
Nem preciso dizer nada, ele já era lindo, imagina só naquele Smoking preto, bem alinhado, bem passado, realmente, ele estava um
príncipe, mas um príncipe moderno né?rs.O casamento foi lindo.A lua de mel foi adiada, pois nós dois estávamos
muito ocupados, infelizmente, com o serviço.Nossa casa já estava pronta, era aconchegante, era quentinha, era perfeita para
nós dois.Eu acordava cedo, tomava banho, me arrumava, e fazia o café.Tentava acordar ele, mas olha, era
difícil, era tão bom ver ele dormindo, ele era lindo dormindo, e eu acabava ficando com dó de acordar ele.
Deixava isso pro despertador mesmo rs.Ele acordava então me dava um beijo na testa, coisa que eu acho super
fofa e super carinhosa.Tomava café comigo, elogiava meu café rs.E então eu saía trabalhar.Ele depois de
uns 
minutos fazia o mesmo.Nossa! a gente contava as horas para se ver, o serviço era um saco!Ainda bem que tinha
uma foto sua na minha mesa, aí eu ficava te admirando rs.Eu saía mais cedo do serviço, chegava em casa, bom..
era meus primeiros dias de casada, eu particularmente não sabia cozinhar muito bem, sabia alguma coisas,
aquelas coisas básicas mesmo, que minha mãe havia me ensinado.Então eu nesse dia tentei preparar alguma coisa
diferente, eu até tinha passado no mercado comprar alguma coisas.Era uma lasanha, fiz ela bonitinha, pus no
forno, e então fui assistir um filme que parecia legal.Acabei cochilando.Acordei com meu marido rindo muito,
aí já entendi na hora porque ele estava rindo, sentia o cheiro de queimado.Era óbvio, que a minha lasanha
havia queimado.E ele ainda estava rindo.É… acabemos comendo…miojo, ele estava com fome, eu também, e
demoraria até fazer outra coisa, mas se ele quis casar comigo, tem que aguentar comer miojo rs.Quer saber? isso
nem era problema, sentemos na varanda da nossa casa, peguemos nossos pratos novos, que ganhamos de presente
da minha mãe.E fiquemos alí, comendo nosso miojo, rindo da minha lasanha queimada, e olhando as estrelas.
Depois disso, fui fazer meu brigadeiro, que também não era o melhor, mais era meu rs.Ele havia comprado morango
e se tinha algo que a gente amava, era brigadeiro com morango, deitemos na rede da varanda, pus nossa música
favorita e de novo fiquemos alí contando um para o outro como foi o seu dia.Ele derrubava eu sei que era de
propósito, brigadeiro em mim.Me lambusava inteira, e eu o lambusava, e isso acabava na cama.No dia seguinte
ele acordou mais cedo fez café, e levou pra mim na cama.Então nosso dia foi igual, trabalho, casa.
Nossos dias eram iguais, mas sempre inventávamos algo diferente.Quando tinha jogo do time dele, sim
eu assistia e gritava com ele, quando o jogador perdia um gol, e ele assistia filmes românticos comigo,
chorava comigo, e eu sempre acabava dormindo nele, ele me carregava até a cama, e deitava comigo.
Passaram alguns meses, decidimos então viajar, ou melhor ter a nossa tão esperada lua de mel.
O meu sonho mesmo era ir pra Mônaco, cidade do amor.Mas enfim… nossa situação financeira não
estava tão boa assim.Acabemos mesmo indo para o litoral de Santa Catarina.Fiquemos em uma pequena
ilha, aliás uma linda ilha.Foram dias perfeitos, dias lindos, únicos e inesquecíveis.
Eu o amava cada vez mais, era o homem mais lindo, carinhoso, atencioso desse mundo, eu realmente
não poderia viver sem mais meu Amor, meu marido, meu eterno namorado.Voltemos da ”lua de mel”,
continuou a mesma coisa de sempre, durante muito tempo.Até que depois de 3 anos, nossa vida estava
muito boa, nossa situação financeira melhor ainda, e acabemos recebendo uma visita linda, recebendo um presente
de Deus, nosso primeiro filho,meu marido ao saber disso me mandou flores, rosas vermelhas, coisa que eu amava,
era um gesto tão lindo,até que nosso filho nasceu, ele era lindo, tinha puxado mais ele do que eu.Era um bebe saudável,e fofo.
Agora éramos uma família perfeita.Nós amávamos tanto aquela criança, demos a melhor educação possível para ela.
Ela cresceu, assim, num piscar de olhos.Foi para outra cidade fazer faculdade.Foi doloroso ver ele ir pra longe de mim.
Meu pequeno garoto estava seguindo sua vida.Novamente sobrou só nós dois alí na nossa velha casa.
Se passou muitos anos, nosso filho se casou, ganhamos netos lindos, que reviravam a nossa casa, mas nós nem ligávamos.
É… estávamos velhos.Então em uma linda noite fomos na nossa varanda, meu Deus! havia passado tanto tempo já né?
Então naquela noite a gente começou a lembrar do primeiro beijo, do dia da praça, com os sorvetes, do dia do nosso
casamento, da lasanha queimada, da nossa lua de mel, do dia que descobri que estava grávida, dos primeiros passos
que nosso filho deu, nossa… eu até chorei alí na varanda, e você me abraçou, como sempre fez, desde o tempo de namoro.
Entremos tarde, então ele me deu um beijo na testa, como sempre fez, e deitou do meu lado.Ah! meu velho…
eu não queria mas se Deus quis assim né? Deus me levou naquela noite, justamente naquela noite.
Ele sofreu muito.Mas quer saber? foi melhor assim, pelo menos eu fui antes, era o que eu queria,
porque eu não suportaria viver sem ti, se você fosse antes de mim.Fui antes só para ser seu anjo da guarda.
E quando você sentir minha falta meu amor, olha pro céu, olha pra lua, olha para as estrelas que você lembrará de mim,
lembrará desse amor que vai ser eterno, que nem a morte foi capaz de destruir, lembrará de todos os nossos momentos,
lembrará que essa foi a nossa vida, cheia de amor, de alegrias… essa foi a nossa vida, essa foi a nossa história.

(AmandaPortes )


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...