IMPORTANTE!!
Esse blog não pretende usar postagem de nenhum outro blog em seu nome. Aqui eu posto o que vejo e gosto, e junto com isso os devidos créditos. Caso os créditos de alguma postagem não estejam certos, entre em contato comigo para que eu possa corrigir. Desde já, obrigada!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Rei Leão de volta em 3D


O clássico da Disney fica nos cinemas por apenas duas semanas e depois sai em Blu-ray.

 Shutterstock

Essa onda de filmes em 3D geram muitas questões, desde as de saúde, até as de criatividade e entretenimento. De uma conversa que tive com o cineasta brasileiro Carlos Saldanha, o criador de A Era do Gelo, sempre me lembro de ele falando que o 3D não vai mudar nada se não tiver uma boa história. E, da mesma maneira que aconteceu quando a Disney relançou Toy Story 1 e 2 nos cinemas em 3D, assistir aoRei Leão nesta versão só deixa o filme ainda melhor. 

Por quê? Porque acima de tudo, a história de Rei Leão é realmente incrível. Tem uma mistura de delicadeza, referência estética e uma fácil identificação com os personagens que poucos desenhos conseguem tão bem. O que o 3D faz diferença? Ele ajuda a dar ainda mais emoção à trama. E beleza, sem dúvida. Assistir ao Rei Leão em 3D, para quem já havia visto antes, dá um gostinho bom de estar ‘revendo uma coisa antiga’, e a tecnologia não veio atrapalhar. As crianças estão ainda mais envolvidas para fazer o ‘ooooh’ que o filme tanto pede em diversas cenas, e se sentem à vontade para cair na gargalhada com as trapalhadas e tiradas de Pumba e Timão

Para quem por alguma razão não sabe ou não se lembra, o filme conta a história de Simba, um filhote do rei leão Mufasa que junto ao pai somente aumenta a inveja sentida pelo tio, Scar. O tio vilão, que cobiça o trono, usa Simba para fazer uma armadilha para o irmão, massacrado por um dezenas de gnus. É a partir daí que começa a reviravolta na vida do pequeno filhote, que foge se sentindo culpado e se cria na floresta na companhia do suricata Timão e do porco-javali Pumba. Enquanto isso, toda a aldeia acredita que Simba também está morto e Scar toma o poder. O auge do filme é justamente neste período em que os dois cantam para ele o significado de Hakuna Matata, uma das canções mais famosas da Disney e que se tornou um bordão para sempre. 

A emoção começa desde o início. A inesquecível entrada dos animais que vão ver pela primeira vez o filho do rei ganhou mais força com o 3D. É como se víssemos todos eles entrando em camadas, por causa da profundidade que a tecnologia oferece. Mas a cena que mais me tocou é a que mostra Simba já grande. Por um movimento que ele faz no chão, folhas se movem com alguns pelos do leão e vão voando até chegar nas mãos do sábio babuíno Rafiki. Pressentindo a boa notícia, Rafiki usa seus poderes de feiticeiro para descobrir que Simba está vivo. O espectador “sente” estas folhas voando de perto e vive com Rafiki a importante virada que muda tudo na história. 

Para completar, o filme mais vendido da Disney volta às lojas, em setembro em Blu-Ray na versão edição Diamante, e também o CD The Best Of The Lion King, todo em inglês, uma compilação dos maiores sucessos do filme original, O Rei Leão 1 ½O Rei Leão 2 e o clássico musical da Broadway encenado nos Estados Unidos e na Europa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...